segunda-feira, 26 de junho de 2017

Governo diz que é falsa afirmação do prefeito Fábio Gentil sobre cortes na saúde de Caxias

Por JohnCutrim




Caxias é um dos municípios que mais recebe investimentos do Governo do Estado na área da saúde. Só nos seis primeiros meses deste ano, foram destinados cerca de R$ 30 milhões, o que corresponde a um repasse mensal no valor aproximado de R$ 5 milhões.
A informação foi prestada na tarde desta segunda-feira (25), pelo secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, que desmentiu a informação divulgada pela Prefeitura de Caxias, de que o Estado teria cortado R$ 18 milhões da saúde do município.
“Essa história divulgada pela Prefeitura de Caxias é completamente falsa. Basta acessar o portal da transparência e olhar os repasses que foram feitos pelo Governo do Estado para a Prefeitura de Caxias no ano passado, pra ver que esses números apresentados pela Prefeitura não batem de modo algum”, disse Carlos Lula.
De acordo com o secretário, do total de investimentos na área da saúde, a Prefeitura de Caxias é a que menos aloca recursos para o setor. Em primeiro lugar está o Governo Federal, que faz o repasse mensal de R$ 5.400.000,00 via SUS, seguida do Governo do Estado, que destina todo mês aproximadamente R$ 5.000.000,00 para a manutenção do Hospital Macrorregional, Hemomar, mais investimentos com serviços pagos aos credenciados. Em último fica a Prefeitura, que investe apenas por mês R$ 3.000.000,00.
Carlos Lula disse que é importante que a população de todo o estado do Maranhão saiba que os exames laboratoriais realizados na cidade de Caxias são pagos pelo Governo do Estado, assim como os exames mais complexos, tais como ressonância magnética.
“Se somarmos os custos com esses serviços, o Estado gasta com a saúde de Caxias mais de R$ 5 milhões. Enquanto que a Prefeitura gasta apenas 3 milhões de reais”, alertou.
De posse de dados reais, o secretário Carlos Lula desafiou o prefeito Fábio Gentil a provar a acusação de que teria havido cortes e também vir a público mostrar quanto a Prefeitura gasta com o setor.
“É completamente falsa a acusação do prefeito de que o Governo do Estado não investe na saúde de Caxias. Muito pelo contrário. Se fizermos uma conta proporcional, é muito provável que Caxias seja o município que mais receba investimentos do Estado na área de saúde”, afirmou.

MATERNIDADE CARMOSINA



O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, explicou que em 2016, o Governo do Estado destinou R$ 9 milhões à Maternidade Carmosina Coutinho, como parte de uma ação realizada em vários municípios para o enfrentamento da mortalidade materna. Com este recurso, pago em seis parcelas, foi possível comprar novos e modernos equipamentos à maternidade, que se encontram à disposição de toda a população.
Este convênio não tem nada a ver com repasses mensais de 3 milhões à prefeitura caxiense, que nunca existiu.
Ciente da importância da maternidade para a população de Caxias, no dia 1º de junho deste ano, o secretário Carlos Lula encaminhou ofício ao prefeito Fábio Gentil propondo que o Governo do Estado assumisse administração total da maternidade, arcando com o seu custo integral que chega a ser de aproximadamente R$ 1,3 milhão mensal.





Em ofício datado do dia 7 de junho, o prefeito Fábio Gentil recusou a ajuda oferecida pelo Governo do Estado para arcar com todos os custos com a manutenção e gestão da maternidade, inclusive recusando a ajuda de mais de R$ 1 milhão por mês.
“Infelizmente, só temos a lamentar, pois a Maternidade Carmosina Coutinho foi construída com recursos do Governo do Estado e alguém que diz que precisa de dinheiro, não poderia recusar ajuda do governo de quase um milhão e meio que ele poderia utilizar em outras áreas”, afirmou Carlos Lula.

São João de 'Todos Nós' em Mirador é sucesso e só alegria


À noite de ontem (25) comprovou o que já era esperado, a presença maciça do público retificou o sucesso do São João de 'Todos Nós', assim como aconteceu na abertura, realizada no sábado (24), onde todos os espaços também foram preenchidos pelo povo, que pela primeira vez viu uma comemoração junina diferenciada e altura de suas tradições.

A festa foi recheada de atrações e de brincantes empolgados com clima do momento, sobretudo com o fino toque de organização dado pelo prefeito Roni que disponibilizou os recursos necessários e uma numerosa equipe de apoio para tornar o evento de grande dimensão, já mais visto na cidade.

Quem esteve presente durante esses dois dias viu o que nunca tinha imaginado, tratando-se de cultura popular. A impressão que tem ficado, principalmente para os visitantes, é que Mirador vive um momento especial, em que o povo é sempre colocado em primeiro lugar. Não resta dúvidas que o prefeito Roni faz também um primoroso trabalho de resgate da cultura popular, antes mal cuidada e quase esquecida, sendo hoje reacendida para atender os desejos da população. Veja as imagens...  







  







VIOLÊNCIA: feirante de São Domingos é assassinado a tiros em Tuntum


O feirante conhecido por João Paulo, de aproximadamente 35 anos, residente do povoado Baixão Grande, município de São Domingos do Maranhão, foi abatido a tiros por volta das 8h na feira de Tuntum.
Conforme relato de populares, um homem trajando uma jaqueta se aproximou dele e efetuou dois disparos. Um dos tiros atingiu a região da cabeça da vítima, que logo foi a óbito. Ainda conforme relatos, o suspeito saiu às pressas do local do crime e subiu na motocicleta de seu parceiro que lhe aguardava a poucos metros do local.  
A vítima vinha costumeiramente a Tuntum vender frutas e legumes, hoje ele estava na companhia de seu sobrinho vendendo fava. A polícia esteve no local do crime colhendo informações sobre o episódio que surpreendeu a todos. 
  

domingo, 25 de junho de 2017

Sarney prepara candidatura dos três filhos em 2018 para tentar livrar a família da Polícia Federal

Medo da Polícia Federal leva clã Sarney a buscar proteção em cargos públicos em 2018
Confirmando o que diversos analistas vinham apontando, os três filhos do ex-presidente José Sarney devem lançar candidaturas em 2018, e o motivo por trás das investidas eleitorais seria estratégico: dar foro privilegiado aos herdeiros da oligarquia no afã de esquivá-los dos investigadores da Polícia Federal.
O ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho (PV), já até realizou o lançamento oficial da sua pré-candidatura ao Senado, e como era especulado, Roseana Sarney (PMDB) deve realmente entrar na disputa pelo governo do Maranhão. Mas há quem afirme que Roseana, acusada de vários crimes de improbidade e liderando em rejeição junto ao eleitorado, estaria disposta a disputar até uma cadeira na Assembleia. A grande surpresa seria uma eventual candidatura do empresário Fernando Sarney para deputado federal, até então conhecido pela sua aversão a cargos públicos.
Antes de representar “gás novo” ao já esfacelado grupo Sarney, as movimentações do clã para as eleições do próximo ano podem ser as únicas saídas da família para evitar a Justiça comum e a PF, já que, Roseana, Fernando, Zequinha e até mesmo o oligarca José Sarney já foram citados ou são alvos de investigações no âmbito da Operação Lava-Jato e em outros inquéritos por envolvimento em casos de corrupção.
Atolados em escândalos e sem imunidade, o grupo ensaia uma retomada ao poder em 2018 para tentar reverter a impopularidade e as denúncias contra eles.
Em fevereiro deste ano, o deputado estadual Adriano Sarney (PV), filho do ministro Zequinha e o único membro da nova geração da família a lançar carreira política, disse durante sessão na Assembleia Legislativa do Maranhão que seu grupo político retomará o poder em 2018. Na época, o vice-presidente da Casa, o deputado Othelino Neto (PCdoB), ironizou a aposta de Adriano Sarney: “continue sonhando, deputado”.
Relembre as denúncias que pesam contra cada um deles:
Roseana Sarney
Foi aberto em março de 2015 inquérito para apurar os depoimentos do ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, que disse em delação, que a ex-governador Roseana Sarney teria recebido R$ 2 milhões em propina para sua campanha em 2010. As cifras milionárias teriam sido pagas a Roseana pelo doleiro Alberto Yousseff. Vale lembrar que a prisão de Yousseff no Hotel Luzeiro, em São Luís, com uma mala cheia de dinheiro de propina, foi o marco inaugural da Operação Lava-Jato, há três anos.
Em 2016, Roseana foi novamente denunciada, dessa vez pelo Ministério Público do Maranhão, que apontou anuência da ex-governadora em esquema fraudulento de concessão de isenções fiscais a empresas durante sua gestão. O esquema ficou conhecido como a “Máfia da Sefaz”          
A ex-governadora pode ainda voltar a ser ré na Justiça Federal na ação de improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal desde 2001 contra os envolvidos no caso Usimar, que desviou entre janeiro e março de 2000, R$ 44,2 milhões da extinta Sudam para a construção em São Luís de uma fábrica de autopeças, que nunca saiu do papel.
Sarney Filho
Em uma tabela usada na delação premiada do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado, há citação de pagamento no valor de R$ 400 mil em propina para o atual ministro Sarney Filho em 2010.
Também em 2010, Sarney Filho foi atingido pela Lei da Ficha Limpa. Sua candidatura chegou a ser impugnada pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) do Maranhão. Ele foi acusado de abuso de poder econômico. Sarney Filho foi condenado a pagar uma multa e, segundo o MPE, isso o tornaria inelegível, conforme a lei complementar 135/2010. No entanto, após recorrer ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), o deputado conseguiu manter o registro de sua candidatura.
Em 2009, Sarney Filho foi investigado pelo Ministério Público por ter usado sua cota parlamentar de passagens aéreas para viajar com a família para o exterior.  Zequinha Sarney negou todas as acusações. 
Fernando Sarney
O empresário, presidente da TV Mirante e membro do Comitê Executivo da Fifa, Fernando Sarney, exerceu apenas um cargo político em sua carreira, o de assessor da Secretaria Municipal de São Luís entre os anos de 1989 e 1990, mas seu histórico policial é extenso.
Em 2006, a PF realizou a Operação Faktor com o objetivo de apurar saques em dinheiro de pelo menos R$ 3,5 milhões relacionados a empresas da família Sarney no período das eleições estaduais do Maranhão daquele ano. À época, Roseana Sarney, irmã de Fernando, era candidata ao governo maranhense, mas perdeu para Jackson Lago no segundo turno.
Entre 2007 e 2010, Fernando Sarney e outros membros de sua família foram investigados dentro de um inquérito da Polícia Federal que apurava evasão de divisas dos cofres públicos maranhenses. O empresário chegou a ter seu telefone grampeado pela PF. Fernando foi indiciado pelos crimes de formação de quadrilha, gestão de instituição financeira irregular, lavagem de dinheiro e falsidade ideológica. Em 2009 Fernando Sarney pediu a Justiça que proibisse o jornal O Estado de S. Paulo e o seu portal de publicar reportagens com informações sobre a Operação Faktor, em uma clara tentativa de censura à imprensa. Velho Sarney
A delação do ex-presidente da Transpetro atingiu em cheio também o oligarca José Sarney. Segundo o depoimento de Machado, R$ 18,5 milhões em propina teriam sido pagos ao ex-presidente. Afastado de cargos políticos desde 2014 e sem direito foro privilegiado, ironicamente ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiram que o juiz Sergio Moro, da Justiça Federal no Paraná, não poderia usar depoimentos de Sérgio Machado referentes ao ex-presidente José Sarney.
Delatores da Odebrecht citaram ainda pagamento de propina a Sarney pelas obras da Ferrovia Norte-Sul, projeto que nasceu em 1987, durante o governo Sarney e nunca foi concluído. O grupo político de Sarney teria recebido 1% em propinas da construtora por uma obra que se estende há mais de 30 anos.
Recentemente, investigadores da Lava Jato descobriram rastros da influência de José Sarney no Executivo, no Legislativo e no Judiciário para atrapalhar as investigações. O ex-presidente estaria agindo como uma espécie de mentor do presidente Michel Temer (PMDB) e foi um dos artífices da criação da CPI da JBS para atacar as ofensivas da Lava Jato
JohnCutrim 

sábado, 24 de junho de 2017

Mirador terá o maior São João de sua história


As fotos da ornamentação do 'Arraá' de Todos Nós, a ser iniciado hoje (24) na cidade de Mirador, revelam o espetáculo que será a festa, sem excesso do adjetivo, mas será, sem sombra de dúvidas, o maior da história do município, nenhum até hoje recebeu tanto investimento e atenção como agora.
A comemoração junina e toda sua estrutura montada é uma outra prova da atenção que o prefeito Roni está dando para cultura, como fez recentemente com o grande investimento no carnaval. A expectativa é que durante esses dias de festa milhares de miradorenses participem do arrasta pé, que terá dezenas apresentações de quadrilhas e bandas de nome regional. Confira... 










Randolfe vai recorrer de decisão de João Alberto que arquivou pedido de cassação de Aécio




O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) vai entrar com recurso contra decisão do presidente do Conselho de Ética, João Alberto Souza (PMDB-MA), de arquivar o pedido de cassação do senador Aécio Neves (PMDB-MG) revelada pela Coluna do Estadão nesta sexta-feira, 23. Para protocolar o recurso, é preciso reunir cinco assinaturas de membros titulares do conselho.

“Considero esse arquivamento inadequado. Vou recorrer da decisão. Se recebimento de propina não fere a ética e o decoro parlamentar, nada mais ferirá”, afirmou Randolfe. Apesar de propor o recurso, a assinatura de Randolfe não faz parte da contagem, já que ele é membro suplente no conselho. Por enquanto, o recurso conta apenas com a assinatura do senador Lasier Martins (PSD-RS).

O pedido de cassação de Aécio foi protocolado pela Rede e pelo PSOL com base nas gravações do senador com o dono da JBS, Joesley Batista. De acordo com João Alberto, o pedido foi arquivado por falta de provas.

No recurso, Randolfe lista 11 provas que, em sua opinião, comprovam a quebra de decoro por parte de Aécio. Entre elas, as mídias com a gravação do diálogo entre Aécio e Joesley, o termo de depoimento de Joesley prestado ao Ministério Público; a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin, que determinou o afastamento do senador; o pedido de prisão e a denúncia contra Aécio assinada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

O prazo para recurso é de dois dias úteis. Dessa forma, o pedido deve ser apresentado ao conselho até terça-feira, 27, à tarde. (Estadão)

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Flávio Dino recebe mais quatro prefeitos no Palácio dos Leões


O governador Flávio Dino continua com a política de diálogo com os gestores municipais maranhenses. Nesta quarta-feira (21) e quinta-feira(22) no Palácio dos Leões, ele recebeu a visita de pelo menos quatro prefeitos: Doutor Júnior, de São Luís Gonzaga; Iomar Salvador, de Pirapemas; Rodrigues da Iara, de Nina Rodrigues e Ronildo Campos, de Penalva.
– São Luís Gonzaga
Dep. Vinicius Louro esteve na caravana que foi até o governador  Flávio Dino com o prefeito Doutor Júnior.
Nesta quarta-feira (21), no Palácio dos Leões, Flávio Dino recebeu a visita do prefeito de São Luís Gonzaga, Doutor Júnior, e firmou importantes parcerias entre o Governo do Estado e a Prefeitura Municipal nas áreas de infraestrutura, saúde, educação, segurança, abastecimento de água e agricultura familiar. O governador assegurou o programa Mais Asfalto que será implementado em breve, além da entrega de uma viatura policial e uma motoniveladora para reforçar as políticas voltadas para a agricultura familiar. Na área da educação, serão reformadas escolas municipais e manutenção ou construção de uma escola de ensino médio na cidade.
Também será investido R$1,3 milhão para melhorar o abastecimento de água na zona urbana do município e construídos poços na zona rural em povoados que serão definidos pela Prefeitura. Para a saúde, haverá uma reunião entre as secretarias estadual e municipal para definir uma estratégia de resolução para o Hospital de São Luís Gonzaga. Ainda durante a reunião, o governador e o prefeito Júnior trataram também sobre a pavimentação da MA-247, do trecho que liga São Luís Gonzaga a Trizidela do Vale.
– Pirapemas
Prefeito Iomar foi acompanhado do Dep. Carlinhos Florêncio à reunião com Dino…
Dando continuidade à agenda de diálogo com os gestores municipais maranhenses, o governador Flávio Dino recebeu a visita do prefeito de Pirapemas, Iomar Salvador, na noite desta quarta-feira (21), no Palácio dos Leões. Na pauta do encontro a parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura para a realização de ações nas áreas da saúde, educação, infraestrutura e agricultura familiar.
Na área da educação, o governador Flávio Dino garantiu a construção de três Escolas Dignas em Pirapemas, que serão licitadas no início do mês de julho. Além disso, o Governo vai melhorar a estrutura das unidades de ensino médio na cidade. O prefeito Iomar irá indicar as ruas que serão contempladas pelo programa Mais Asfalto, bem como os povoados que receberão três poços para abastecimento de água na zona rural. Além disso, o Governo doará a Pirapemas uma patrulha mecanizada e uma ambulância para o fortalecimento da saúde, que já conta com o apoio do Estado.
– Nina Rodrigues
Prefeito Rodrigues da Iara comemorou reunião com Flávio Dino.
Na tarde desta quinta-feira (22) foi a vez do do prefeito de Nina Rodrigues, Rodrigues da Iara acompanhado de sua caravana serem recebidos pelo governador Flávio Dino (PCdoB) para dialogar acerca dos principais problemas da cidade. A reunião, no Palácio dos Leões, garantiu ações de parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura para investimentos nas áreas de saúde, educação, infraestrutura e segurança pública. Durante a audiência, o governador Flávio Dino autorizou a solicitação do prefeito Rodrigues da Iara para a reforma do Hospital Municipal, do estádio e do Mercado Municipal, e garantiu entregas que estão sendo feitas em todos os municípios maranhenses, a exemplo do Mais Asfalto, ambulância e viatura policial.
Além disso, o Governo do Estado vai construir três Escolas Dignas em Nina Rodrigues, estudar a implantação de um Viva e melhorar o sistema de abastecimento de água da cidade.  “A reunião foi muito proveitosa. O governador nos garantiu muita coisa, inclusive asfalto, ambulância, viatura, reforma do matadouro, construção de um estádio na Beira-Rio, reforma da Praça Viva Balaiada”, afirmou Rodrigues da Iara, que enfatizou ter sido recebido muito bem. “Acredito que com isso Nina Rodrigues vai melhorar muito”, completou.
– Penalva
Prefeito Ronildo Campos se fez presente com o dep. federal André Fufuca e caravana.
Já no final da tarde desta quinta-feira (22), Dino se reuniu com o prefeito de Penalva, Ronildo Campos, para discutir as demandas da população do município. Na ocasião, foram definidas ações prioritárias em parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura nas áreas de educação, infraestrutura e segurança que vão melhorar a qualidade de vida do povo e alavancar a economia da cidade. De acordo com o prefeito, o Governo do Estado vai acolher várias demandas apresentadas para melhorar a região chamada de Jacaré, que possui mais de 11 mil habitantes, entre elas o atendimento de polícia.  “O governador ligou para o secretário Jefferson Portela e já determinou que fosse para lá um policiamento para atender a região”, contou.
Ainda sobre essa região, eles trataram sobre a estrada de 23km que liga Penalva a Jacaré. “O governador já determinou as providências, pois essa estrada é importantíssima. Além disso, ele informou que a cidade ganhará uma ambulancha, reformas de escolas, escolas de ensino médio, e também para o Jacaré: praça de eventos e asfalto, que a nossa cidade está toda depredada, deteriorada depois desse inverno grande que nós tivemos. Então foi uma pauta muito produtiva e que de pronto o governador nos atendeu”, relatou.
DomingosCosta