quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Policia encontra corpo de mulher que estava desaparecida, após amante confessar o crime


Por Mauro Garcia
Foi encontrado na manhã desta terça – feira (21), o corpo de Antonia Cláudia Ferreira Dias, de 32 anos, que estava desaparecido desde o último sábado (18), cadáver estava em um terreno baldio no bairro Imigrantes, periferia de Imperatriz.
De acordo com informações do 3º Batalhão da Polícia Militar, só foi possível chegar até o corpo após a prisão do suspeito, identificado como Marcos Silva Brito, de 25 anos, ele foi preso no começo da manhã e confessou o crime , e indicou o local de onde aconteceu o assassinato.
(Segundo a policia, foram montado uma campana na tentativa de prender o suspeito desde domingo 19), após uma denuncia anônima.
“Tivemos a informação desde domingo, que esta senhora estava desaparecida. E através de uma “denúncia”, que este elemento tinha cometido este homicídio. Armamos uma campana, estamos desde o início desta madrugada nesta campana e conseguimos colocar a mão nele”, informou o comandante a uma equipe de reportagem local, lembrando que o suspeito já estava se preparando para deixa a cidade.
Ao ser preso, ainda, segundo o comandante, o homem confessou o assassinato da mulher. “Quando efetuamos a prisão, ele já estava com uma mala. Conversando, ele resolveu confessar o crime e nos levar até o local onde estava o corpo”.
Durante o depoimento o suspeito disse que estava sobre efeito de droga quando conheceu a mulher em uma festa no Bar denominado Açai Bar , na noite de sábado (18), e depois de uma conversa resolveram sair para um lugar reservado, onde mantiveram relações sexuais. Ainda segundo o suspeito, o assassinato ocorreu devido uma discussão entre ele e a vítima, por causa de um celular, que a mesma teria tomado de suas mãos e durante o momento de discussão , agarrado a mulher pelo pescoço asfixiando a vitima que morreu na mesma hora.
O Corpo da mulher foi encontrado sem roupas, e em estado de decomposição, e já comas vísceras expostas por causa do tempo em que ficou exposto.
Um suposto namorado de Antonia Claudia, foi um dos autores da denuncia do desaparecimento, chegou até fazer uma ocorrência na delegacia, e disse que ja desconfiava de Marcos, porque amigos próximos o informaram que viu o assassino saindo com a vitima desconfiava

Nenhum comentário:

Postar um comentário