quarta-feira, 8 de março de 2017

Protesto contra a reforma da Previdência fecha as BRs 135 e 226



Centenas de manifestantes ligados a Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura do Maranhão (Fetaema),  Sindicato dos Servidores Públicos de Presidente Dutra e Região (Sintesp) e Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos Municipais do Estado do Maranhão (Fetrasce) estão ocupando, neste momento, a BR 135 e 226 na cidade de Presidente Dutra, local onde se iniciou e está acontecendo os protestos. De acordo com informações de líderes do movimento de protesto, o engarrafamento na BR 135 já está a 10 quilômetros de Presidente Dutra, próximo ao povoado Calumbi. Na BR 226 o acúmulo de veículos parados já se aproxima do povoado Arara, município de Tuntum, cerca de 12 quilômetros do início do movimento.

Os protestos organizados pelos movimentos sindicais do Maranhão estão fechando 11 pontos considerados estratégicos, os principais são Estreito dos Mosquitos, em São Luís, Imperatriz e Presidente Dutra, na junção das duas impostantes estradas federais.
As reivindicações contra a reforma da Previdência, considerada pelas entidades sindicais como uma aberração  ao trabalhador, estão pautadas, basicamente, contra a alteração da idade mínima e o fim de critérios diferenciados para homens e mulheres. Movimento com uma magnitude maior está sendo programado para o próximo dia, em que a previsão é de fechar até 5 mil pontos em todo o país.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário