sexta-feira, 7 de abril de 2017

Criminosos que roubaram R$ 60 mil da churrascaria Sal e Brasa são presos


O Serviço de Inteligência da Polícia Militar prendeu 4 dos 6 criminosos que assaltaram a churrascaria Sal e Brasa, localizada na Avenida dos Holandeses, Calhau, em São Luís. A prisão foi realizada nos bairros, da Cidade Operária, Anjo da Guarda, Vila Operária e São Raimundo.
Foram detidos Raimarildo Rodrigues dos Santos Gatinho Júnior, Nerivan Pereira Ramos Filho, vulgo nenem, Cleudiane do Nascimento Melo e Thyago de Cladas Costa. Ainda faltam duas pessoas a serem presas.
Segundo a PM, após o assalto no dia 5 de abril por uma quadrilha armada, foi observado as imagens do circuito de monitoramento do estabelecimento, o serviço de Inteligência identificou alguns dos participantes da ação criminosa e em sequência passou a proceder levantamentos para localizar os alvos.
Após a identificação dos endereços e dos alvos, passou-se a perseguir de maneira contínua e ininterrupta efetuando diversas abordagens a endereços, porém os criminosos estavam mudando constantemente de localização.
IMG-20170407-WA0041
Contando com a colaboração de informações privilegiadas, a PM, deflagrou-se uma operação conjunta entre o serviço de inteligência da APMGD, do 6°, 8° e 21° BPM, abordando inicialmente a casa do elemento Raimarildo, onde foi efetuada sua prisão.
Em seguida, os policiais se deslocaram até a casa do elemento Nerivan Pereira, apontado por Raimarildo como partícipe do crime. Na sequência abordou-se a casa do elemento alcunhado de macaquito porém, este não foi encontrado.
O elemento Thyago não foi encontrado no endereço que havia sido previamente levantado. Porém, obteu-se êxito na sua captura já na região São Raimundo / Anjo da guarda. Ele estava escondido na casa de sua avó.
Por fim a conduzida Cleudiane recebeu voz de prisão já dentro do seu local de trabalho, na própria churrascaria Sal e Brasa. Ela foi citada pelos seus comparsas com a pessoa que passou a informação da movimentação do dinheiro no dia do assalto.
Foi recolhido as roupas em que eles aparecem nas filmagens do dia do crime.
Convém ressaltar que os mesmos confessaram autoria do crime e em razão dos fatos foram apresentados na delegacia de Roubos e Furtos onde foram autuados pelo crime de roubo qualificado pelo emprego de arma e pelo concurso de pessoas.
Ao ser indagado sobre a destinação do dinheiro informaram que ratearam entre si todo o arrecadado e utilizaram para compra de celulares, pagamento de dívidas, de boletos, de Advogado etc.
Sobre o armamento utilizado declararam que adquiriram mediante aluguel e após a ação criminosa devolveram aos seus respectivos donos.
Foram apreendidos com os bandidos, 3 aparelhos celulares, 03 anéis Dourados; 01 par de brincos dourado; R$ 49,00 (quarenta e nove reais).
Ainda segundo a polícia, Ramarildo já responde processos por roubo qualificado, porte ilegal de arma de fogo e porte de drogas para uso pessoal. E Nerivan já foi preso por lesão corporal dolosa, associação criminosa, roubo qualificado e furto. Thyago responde por roubo e tráfico de drogas.
Os presos foram encaminhados a a delegacia, onde serão tomadas as medidas cabíveis.
NetoFerreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário