quarta-feira, 3 de maio de 2017

A firme postura de Flávio Dino com os problemas do MA, mesmo que não sejam de competência do Estado




Eleito sob a égide da mudança, o governador Flávio Dino demonstra as diferenças entre sua gestão e a da ex-governadora Roseana Sarney a cada dia. A prova cabal de tais transformações fica mais notória ainda na postura de ambos em casos de maior repercussão, sobretudo. E neste caso se aplica até mesmo problemas que são do Maranhão, mas que não são diretamente ligados ao Governo do Estado, a exemplo do conflito entre agricultores e indígenas na cidade de Viana.

Se antes a postura era somente afirmar “estou revoltada”, como ficou classicamente conhecida a frase de Roseana Sarney após lamentáveis episódios de barbárie medieval em Pedrinhas, agora Flávio Dino age firme para resolver o problema. Logo após o confronto, o governador se manifestou pedindo providências aos responsáveis do Governo Federal e reforçou o policiamento no local para evitar novos conflitos.

Além disso, ele ordenou que a Secretaria de Estado da Saúde cuidasse, com prioridade, de todos os feridos no confronto para que ninguém perdesse a vida. E assim foi feito. Todos os lesionados durante o confronto foram recebidos nas unidades de saúde do Estado e ainda estão recebendo o atendimento necessário.

A preocupação de Flávio Dino com a situação foi tão grande que ele se propôs a pagar, inclusive, estudos da Funai para resolver a questão dos Gamelas em Viana, pois o órgão federal declarou não possuir verbas para tal.

A disponibilidade em ajudar e resolver os impasses dos maranhenses é uma nova marca na política local e rompe com a letargia que dominou o Estado durante décadas.
John Cutrim

Nenhum comentário:

Postar um comentário