quarta-feira, 17 de maio de 2017

Flávio Dino reúne mais prefeitos no Sul do Maranhão do que oligarquia em Brasília




O prestígio político da oligarquia Sarney está em total declínio. O moribundo clã reuniu em Brasília, durante a Marcha dos Prefeitos, apenas seis gestores em jantar organizado por José Sarney, Lobão e João Alberto. O número é inferior, por exemplo, ao reunido pelo governador Flávio Dino somente no Sul do Maranhão, quando, na última segunda-feira, ele dialogou com nove, dos 14 prefeitos da região.

O desgaste político da família Sarney e seus asseclas ficou evidente durante o jantar oferecido pelos mais altos representantes da oligarquia. O fato ligou sinal de alerta do clã para as eleições de 2018, já que com o desgaste da ex-governadora Roseana Sarney, sem a máquina e sem o apoio da maioria dos prefeitos uma vitória seria praticamente impossível.


Paralelo a isso, o governador Flávio Dino demonstra cada vez mais prestígio junto aos prefeitos maranhenses. Recebendo, diariamente, no Palácio dos Leões inclusive sarneysistas históricos que já declararam apoio a sua reeleição. A praticamente 17 meses das eleições de 2018, Dino caminha para formar, mais uma vez, uma grande aliança no pleito do ano que vem.

A vergonhosa falta de articulação política da família Sarney se deve ao fato do desgaste de uma série de escândalos de corrupção com os membros do grupo e a aprovação e no perfil de Flávio Dino, que tem feito com que os prefeitos procurem parcerias com o Governo do Estado para implementação de programa é ações.

O jantar com prefeitos em Brasília foi apenas mais um fato do desgaste da família Sarney no Maranhão. A situação foi tão vergonhosa que nem mesmo os porta-vozes oficiais da oligarquia noticiaram.
JohnCutrim


Nenhum comentário:

Postar um comentário