terça-feira, 23 de maio de 2017

Problema crônico de falta de água em Presidente Dutra vai ser resolvido por Flávio Dino


Ricardo Lucena e os secretários Marcelo Coelho e Antonio Nunes, na ocasião do teste do poço artesiano do bairro Paulo Falcão

A cidade de Presidente Dutra, localizada na região central do estado, vive a expectativa para ver seu crônico problema ser resolvido, a falta de água. A situação precária de abastecimento vem dos governos passados que pouco se preocuparam com o bem estar da população, provocando ano após ano o agravamento do problema, estando hoje em um estágio de constante preocupação, sobretudo na área periférica e até o centro da cidade.
A primeira proposta para equacionar a ardiloso dor de cabeça surgiu em 2014 quando Flávio Dino participava do Diálogos pelo Maranhão. Já governador, ele não esqueceu de sua promessa e mandou executar a obra que irá substituir 32 mil metros de rede e a perfuração de 11 poços artesianos em toda extensão do município. "A troca de todo sistema de tubulação se dará porque o atual, além de ser antigo, encontra-se praticamente obstruído, impossibilitando uma eficiente distribuição", afirma Ricardo Lucena, assessor especial da Secretaria de Articulação Política.
Como parte do projeto de qualificação do abastecimento, o governo estará nesses próximos dias inaugurando o poço artesiano do bairro Paulo Falcão, capaz de distribuir cerca de 90 mil litros de água por hora, suprindo a necessidade de cerca de 10 mil pessoas. A execução da obra de substituição da rede ainda não tem previsão de conclusão devido a morosidade que terá os trabalhos, principalmente nas ruas do centro em razão do trânsito de veículos. Diante do cenário atual, que com brevidade dará melhores condições de vida à população, fica uma certeza, o governador vem cumprindo com o povo de Presidente Dutra.

SOCORRÃO

O coração da saúde da região, o hospital Regional de Urgência e Emergência de Presidente Dutra, o Socorrão, que atende 16 municípios, está passando por uma profunda reforma, fruto de um desejo da população por meio da Escuta Territorial, proposta do governo para ouvir a população sobre os serviços de infraestrutura de maior necessidade na região. Os trabalhos já estão bem adiantados, e com sua conclusão irá melhorar e ampliar a acomodação de pacientes, oferecendo uma estrutura mais adequada e humanizada. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário