segunda-feira, 31 de julho de 2017

E TOME OBRAS: prefeito Roni, Marcio Jerry e deputado Rigo Teles inauguram estrada e sistema de distribuição de água em Mirador


O domingo (30) foi de muita comemoração para a população dos povoados Riachão e Alto Alegre, ambos pertencentes a Mirador, município que vem crescendo a passos largos por conta do empreendedorismo do prefeito Roni (PCdoB).

O primeiro povoado, Riachão, foi contemplado com a construção de sua estrada, que irá melhorar de forma significativa o deslocamento da população à cidade, facilitando decisivamente no fortalecimento da economia com o transporte da produção, antes prejudicado por falta de boas condições de tráfego da via. A inauguração reuniu grande parte da população do povoado, adjacências e as maiores lideranças políticas do municípios, além dos secretários Márcio Jerry (Articulação Política e Assuntos Políticos), Adelmo Soares (Agricultura Familiar) e do deputado Rigo Teles (PV), que fizeram questão de conferir mais um trabalho de importância para  o povo de Mirador.

Já a população do povoado Alto Alegre viu seu antigo problemas ser resolvido recebendo um sistema de abastecimento de água. A com a estrutura de distribuição a comunidade não passará mais necessidade e nem apanhará mais água de poços e cacimbas, o que propiciava o aparecimento de vários problemas de saúde nos moradores. O prefeito Roni, em sua fala, prometeu continuar imprimindo novas ações que venham a qualificar a vida de seus munícipes, principalmente a do homem do campo.

O secretário Márcio Jerry e o deputado Rigo Teles elogiaram a atuação do prefeito Roni e também se impressionaram com o dinamismo de sua gestão, classificando-o como um grande tocador de obras.
Participaram também das solenidades a primeira dama Leocy Barbosa, a vice-prefeita Domingas Cabral, o ex-prefeito Pedro do Abrão, vereadores e secretários.  




Municípios maranhenses recebem repasse do Fundeb; veja os valores



Foto Reprodução
Foto Reprodução
As prefeituras de todas as regiões do Maranhão receberam hoje (31) do Governo Federal uma parcela do repasse referente a antecipação da compensação do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
Foi pago um total de R$ 83.632.746,79 dos R$ 168 milhões acordados no último dia 11 de julho durante reunião com o presidente Michel Temer e seus auxiliares, diretoria da FAMEM (Federação dos Municípios do Estado do Maranhão), deputados federais e senadores em Brasília. Do blog do Minard
Confira abaixo o valor repassado a cada um dos 217 municípios do Maranhão.
Açailândia – R$ 1.282.765,89
Afonso Cunha  – R$ 137.414,62
Água Doce do Maranhão – R$ 178.606,36
Alcântara – R$ 245.921,57
Aldeias Altas – R$ 510.334,27
Altamira do Maranhão – R$ 144.360,70
Alto Alegre do Maranhão – R$ 337.582,49
Alto Alegre do Pindaré – R$ 456.569,58
Alto Parnaíba – R$ 142.283,76
Amapá do Maranhão – R$ 108.774,54
Amarante do Maranhão – R$ 502.000,04
Anajatuba – R$ 329.666,84
Anapurus – R$ 237.544,91
Apicum-Açu – R$ 270.519,00
Araguanã – R$ 188.930,16
Araioses – R$ 576.873,23
Arame – R$ 394.576,54
Arari – R$ 399.888,09
Axixá – R$169.564,80
Bacabal – R$1.096.355,04
Bacabeira – R$233.931,42
Bacuri – R$231.957,85
Bacurituba – R$92.415,98
Balsas – R$953.048,71
Barão de Grajaú – R$188.482,46
Barra do Corda – R$1.068.263,36
Barreirinhas – R$950.765,11
Bela Vista do Maranhão – R$252.626,57
Belágua – R$160.549,74
Benedito Leite – R$60.316,09
Bequimão – R$243.309,50
Bernardo do Mearim – R$58.292,14
Boa Vista do Gurupi – R$121.191,15
Bom Jardim – R$608.485,65
Bom Jesus das Selvas – R$476.949,55
Bom Lugar – R$159.177,46
Brejo de Areia – R$193.870,89
Brejo – R$526.714,02
Buriti Bravo – R$308.338,42
Buriti – R$568.096,54
Buriticupu – R$972.986,27
Buritirana – R$204.319,13
Cachoeira Grande – R$143.105,01
Cajapió – R$132.110,98
Cajari – R$305.411,10
Campestre do Maranhão – R$192.506,55
Cândido Mendes – R$308.105,28
Cantanhede – R$282.901,18
Capinzal do Norte – R$156.719,02
Carolina – R$261.477,41
Carutapera – R$334.019,38
Caxias – R$1.804.396,17
Cedral – R$126.998,10
Central do Maranhão – R$143.234,80
Centro do Guilherme – R$206.141,79
Centro Novo do Maranhão – R$307.209,91
Chapadinha – R$1.024.583,97
Cidelândia – R$206.764,35
Codó – R$1.648.617,54
Coelho Neto – R$689.176,43
Colinas – R$461.711,58
Conceição do Lago-Açu – R$284.845,67
Coroatá – R$798.941,71
Cururupu – R$382.382,46
Davinópolis – R$178.990,49
Dom Pedro – R$248.954,83
Duque Bacelar – R$214.078,70
Esperantinópolis – R$241.751,76
Estreito – R$414.259,78
Feira Nova do Maranhão – R$109.540,09
Fernando Falcão – R$133.530,92
Formosa da Serra Negra – R$241.330,58
Fortaleza dos Nogueiras – R$185.083,55
Fortuna – R$243.171,73
Godofredo Viana – R$106.890,96
Gonçalves Dias – R$220.084,34
Governador Archer – R$152.533,37
Governador Edison Lobão – R$256.730,15
Governador Eugênio Barros – R$243.484,33
Governador Luiz Rocha – R$102.535,74
Governador Newton Bello – R$148.639,09
Governador Nunes Freire – R$382.941,45
Graça Aranha – R$79.572,83
Grajaú – R$971.089,49
Guimarães – R$147.717,19
Humberto de Campos – R$523.736,34
Icatu – R$404.696,35
Igarapé do Meio – R$296.605,29
Igarapé Grande – R$141.767,22
Imperatriz – R$2.384.803,36
Itaipava do Grajaú – R$197.415,44
Itapecuru Mirim – R$879.055,02
Itinga do Maranhão – R$306.990,02
Jatobá – R$125.941,04
Jenipapo dos Vieiras – R$208.390,91
João Lisboa – R$415.719,51
Joselândia – R$175.239,34
Junco do Maranhão – R$106.133,31
Lago da Pedra –  R$522.176,03
Lago do Junco – R$201.900,44
Lago Verde -7 R$246.732,22
Lagoa do Mato – R$158.658,23
Lagoa dos Rodrigues – R$136.972,21
Lagoa Grande do Maranhão – R$177.801,03
Lajeado Novo – R$104.101,40
Lima Campos – R$166.407,00
Loreto – R$135.528,42
Luís Domingues – R$94.702,18
Magalhães de Almeida – R$282.694,56
Maracaçumé – R$354.635,19
Marajá do Sena – R$134.436,92
Maranhãozinho – R$239.118,52
Mata Roma – R$409.917,85
Matinha – R$325.822,87
Matões do Norte- R$252.215,99
Matões – R$536.282,82
Milagres do Maranhão – R$134.558,82
Mirador – R$275.520,63
Miranda do Norte – R$347.824,16
Mirinzal – R$176.359,90
Monção – R$469.031,21
Montes Altos – R$89.915,15
Morros – R$294.591,94
Nina Rodrigues – R$193.518,55
Nova Colinas – R$78.367,47
Nova Iorque – R$54.082,62
Nova Olinda do Maranhão – R$285.306,64
Olho D’Água das Cunhãs – R$424.225,92
Olinda Nova do Maranhão – R$214.330,32
Paço do Lumiar – R$1.245.489,53
Palmeirândia – R$277.677,07
Paraibano – R$250.361,55
Parnarama – R$471.566,46
Passagem Franca – R$255.885,06
Pastos Bons – R$319.390,75
Paulino Neves – R$326.294,46
Paulo Ramos – R$318.648,96
Pedreiras – R$385.087,25
Pedro do Rosário – R$459.263,74
Penalva – R$507.881,15
Peri Mirim – R$135.507,20
Peritoró – R$331.711,98
Pindaré Mirim – R$640.461,00
Pinheiro – R$956.760,18
Pio XII – R$423.274,91
Pirapemas – R$343.076,86
Poção de Pedras – R$280.135,47
Porto Franco – R$355.119,95
Porto Rico do Maranhão – R$87.697,82
Presidente Dutra – R$375.558,19
Presidente Juscelino – R$218.640,53
Presidente Médici – R$93.515,35
Presidente Sarney – R$311.803,50
Presidente Vargas – R$221.112,18
Primeira Cruz – R$218.926,59
Raposa – R$302.030,77
Riachão – R$283.746,28
Ribamar Fiquene – R$111.778,69
Rosário – R$558.252,29
Sambaíba – R$81.970,33
Santa Filomena do Maranhão – R$88.802,52
Santa Helena – R$668.661,32
Santa Inês – R$962.659,88
Santa Luzia do Paruá – R$309.729,22
Santa Luzia – R$988.187,17
Santa Quitéria do Maranhão – R$459.258,45
Santa Rita – R$516.660,45
Santana do Maranhão – R$139.231,93
Santo Amaro do Maranhão – R$222.261,93
Santo Antônio dos Lopes – R$211.055,97
São Benedito do Rio Preto – R$378.382,24
São Bento – R$404.667,20
São Bernardo – R$326.466,63
São Domingos do Azeitão – R$111.614,41
São Domingos do Maranhão – R$474.207,66
São Félix de Balsas – R$53.481,24
São Francisco do Brejão – R$135.464,84
São Francisco do Maranhão – R$131.538,77
São João Batista – R$314.691,14
São João do Carú – R$263.151,69
São João do Paraíso – R$157.908,52
São João do Sóter – R$322.810,77
São João dos Patos – R$322.702,18
São José de Ribamar – R$1.529.002,67
São José dos Basílios – R$94.222,70
São Luís Gonzaga do Maranhão – R$347.630,77
São Luís – R$5.919.525,13
São Mateus do Maranhão – R$512.623,11
São Pedro da Água Branca – R$156.488,53
São Pedro dos Crentes – R$65.715,11
São Raimundo das Mangabeiras – R$235.968,66
São Raimundo do Doca Bezerra – R$102.188,73
São Roberto – R$114.096,69
São Vicente Ferrer – R$237.748,93
Satubinha – R$161.694,16
Senador Alexandre Costa – R$159.039,71
Senador La Rocque – R$212.075,87
Serrano do Maranhão – R$154.128,16
Sítio Novo – R$297.490,16
Sucupira do Norte – R$129.959,82
Sucupira do Riachão – R$71.577,66
Tasso Fragoso – R$139.364,37
Timbiras – R$361.883,25
Timon – R$1.928.098,69
Trizidela do Vale – R$266.820,81
Tufilândia – R$144.066,67
Tuntum – R$438.928,79
Turiaçu – R$622.671,93
Turilândia – R$471.354,53
Tutóia – R$833.364,92
Urbano Santos – R$598.336,69
Vargem Grande – R$701.431,47
Viana – R$727.221,01
Vila Nova dos Martírios – R$156.872,70
Vitória do Mearim – R$418.053,40
Vitorino Freire – R$428.700,39
Zé Doca – R$529.055,86
Valor total: R$ 83.632.746,79

Prefeitura de Mirador juntamente com Secretaria Municipal de Meio Ambiente realiza grande mutirão de limpeza no Rio Itapecuru



Por Maria de Fátima - Um ato simbólico realizado na manhã deste sábado (29/07) pela Prefeitura de Mirador/MA, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, deu o pontapé inicial para a limpeza do Rio Itapecuru, que corta a cidade e vive um processo de degradação devido à poluição de esgotos, lixo e árvores de grande porte, ação que ocorreu com o apoio do Departamento de Limpeza Pública.


A ação contou com a parceria das demais secretarias, legislativo, executivo, pastorais, equipe de limpeza pública, e comunidade em geral, que foi representado no ato pelo coordenador de limpeza pública Reis, que vem fazendo um belíssimo trabalho juntamente com sua equipe.
“Hoje é um dia simbólico, mas no dia a dia vamos procurar cuidar do nosso rio, porque o sofrimento do Itapecuru tem sido grande. Nós somos convidados a derrubar barreiras para construir pontes, porque o Rio Itapecuru é veia da vida”, declarou Reis.
O prefeito do município, Roni, primeira dama, Leocy, vice-prefeita Domingas Cabral, Secretário de Meio Ambiente, Paulo de Tarso, também participaram do evento e falou da importância da recuperação do rio e a conservação do meio ambiente. O gestor ainda aproveitou a ocasião para anunciar que irá tentar resgatar o projeto do saneamento básico para o Rio Itapecuru. “Isso é preocupação ambiental, isso é preocupação com a saúde da população” disse prefeito.

Também participaram do ato Secretário de Administração, Jolberth Lima, Vereador Arquimedes Amorim, que não mediu esforços para nos ajudar nessa árdua batalha de limpeza do rio, estudantes, pastoral da juventude, que saíram em caminhada pelas principais ruas da cidade em direção ao Rio. No local, os presentes recolheram lixo a prefeitura utilizou máquinas para derrubar árvores que prejudicam o Itapecuru.
"Infelizmente, centenas de quilos de lixo são despejados às margens do Rio Itapecuru. Iremos realizar esse mutirão de forma permanente para evitar que o lixo chegue ao rio causando ainda mais prejuízos ao Meio Ambiente.", afirmou Paulo de Tarso, que pediu ainda a colaboração da comunidade: "Não adianta o poder público fazer a sua parte e a população não colaborar. Vamos ajudar a preservar o nosso rio que é um dos nossos maiores patrimônios." ressaltou o Secretário de Meio Ambiente.

Grande parte do lixo que vinha se acumulando as margens do Rio Itapecuru foi retirado pela PJ de Mirador, resíduos como: garrafas do tipo pet e vidro, sacolas, chinelos, papelões, utensílios domésticos, e inúmeros objetos. O grupo juntamente com poder público, resolveram fazer sua parte para dar exemplo de cidadania e conscientização ambiental à população miradorense. A PJ ainda pretende realizar outras prática do tipo afim de chamar atenção da população acerca do meio ambiente.


FUNDEB: Temer mais uma vez desmoraliza bancada maranhense


Apesar de ter assegura a deputado federais e senadores do Maranhão, Temer ainda não cumpriu o acordo…
Prefeitos e prefeitas de todas as regiões do Maranhão estão apreensivos. O Governo Federal, até a presente data, não cumpriu acordo, firmado no último dia 11 em Brasília, no qual se comprometeu em depositar nas contas dos municípios, até o fim deste mês de julho, R$ 168 milhões referentes a antecipação da compensação do Fundeb.
Com o não cumprimento do acordo, gestores municipais estão preocupados, principalmente no que diz respeito a não conseguir honrar a folha de pagamento do setor da educação.
A diretoria da Federação dos Municípios do Estado do Maranhão, por sua vez, também está extremamente preocupada e lamenta o fato de, mais uma vez, as cidades estarem sendo penalizadas por uma quebra de palavra por parte da União.
Em abril, a diretoria da Famem e integrantes da bancada maranhense em Brasília reuniram-se com o ministro da Secretaria de Governo, Antonio Imbassahy, que assumiu o compromisso, em nome do presidente Michel Temer, de parcelar o ajuste anual do Fundeb em até 12 vezes.
Com a medida, à época, e também por força de liminares expedidas em favor dos estados do Ceará e da Paraíba, evitou-se que os municípios maranhenses perdessem, de uma vez só, R$ 177 milhões. O governo do estado também foi beneficiado e não perdeu R$ 47 milhões.
Porém, no dia 06 deste mês, a entidade municipalista; bancada maranhense; e gestores foram pegos de surpresa com a edição de uma portaria (nº 823/17), por parte da União, autorizando o desconto, o que acabou ocorrendo.
De forma rápida, o presidente da Famem, prefeito Cleomar Tema (Tuntum); deputados federais e senadores conseguiram reunir-se, na semana seguinte, com o próprio presidente Michel Temer. Também participaram do encontro os ministros José Mendonça Bezerra Filho (Educação) e Henrique Meirelles (Fazenda); além do presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, Sílvio Pinheiro.
Michel Temer e seus auxiliares, durante a reunião, garantiram a antecipação aos municípios de R$ 168 milhões, resultante da complementação do Fundeb, por parte do Governo Federal, de todo o segundo semestre deste ano.
O acordo foi a forma encontrada para amenizar os problemas financeiros das prefeituras ocasionados pelo sequestro dos valores determinado pela portaria governamental.
No entanto, até o momento, o acordo não foi cumprido. Procurados pela Famem por diversas vezes, o FNDE e a Secretaria Nacional do Tesouro Nacional limitaram-se a informar que a antecipação não poderia ser feita, uma vez que a medida, caso fosse realmente adotada, teria que beneficiar todos os estados e municípios da região Nordeste, o que causaria um impacto negativo nos cofres da União de mais de R$ 740 milhões. Com a palavra o senhor presidente Michel Temer

sábado, 29 de julho de 2017

Flávio Dino concede progressão para 5.559 professores do Estado


Os professores da rede pública estadual tiveram mais uma conquista que impacta direta e positivamente na qualidade do trabalho e mostra valorização da categoria. O governador Flávio Dino concedeu progressão para 5.559 professores que soma aos demais benefícios já garantidos desde o início da gestão que passa por incrementos salariais, realização de concurso público e oportunidades de qualificação. O benefício foi concedido nesta sexta-feira, 28.
Após autorizar a progressão para os mais de 5 mil professores o governador Flávio Dino pontuou ser este um incentivo para estes profissionais na luta de sua gestão para assegurar uma educação de qualidade aos maranhenses. "A Educação é o principal investimento para desenvolver o Maranhão", ressaltou o governador Flávio Dino.
O secretário de Estado de Educação (Seduc), Felipe Camarão, destacou que este é mais um no conjunto de benefícios que o governador Flávio Dino oportunizou aos professores. “É mais uma mostra do compromisso assumido pelo governador para garantir melhores condições e mais qualidade de trabalho, além de estimular a permanência em sala de aula e o mais importante, valorizar o professor da rede estadual”, pontuou. Este ano, o governador já havia garantido progressão para mil professores.
A progressão funcional é a evolução do educador da rede pública estadual, que, após determinado tempo de serviço, avança de uma referência para outra superior na tabela remuneratória do magistério, conforme estabelecido pelo Estatuto do Magistério. A medida é mais uma de incentivo à educação. Significa incremento nos vencimentos mensais. As progressões já passam a ser implementadas nos contracheques a partir do próximo salário, juntamente com o vencimento do mês.
A concessão da progressão funcional é uma demanda dos professores do Estado e são benefícios importantes para a categoria, que foi, por muitos anos, penalizada com o não pagamento destas, assim como dívidas das promoções e titulações. O governador também já havia contemplado a categoria com progressões em 2015, primeiro ano da gestão, quando beneficiou com o pagamento um total de 11.144 professores; e em 2016, com a progressão para 4.608 profissionais da área.
Mais  Benefícios
Além das progressões, a atual gestão já implementou uma série de benefícios para os professores do Maranhão, entre os quais a unificação de matrículas e a ampliação de jornada, mediante editais específicos; a realização de progressões e concessões de gratificação por titulação; a realização de eleições democráticas para diretores de escola, entre tantas medidas.

SÃO DOMINGOS: vice-governador Carlos Brandão garante ao vice-prefeito Clodomizinho e vereadores a perfuração de três poços artesianos



Quem tem boca vai a Roma, diz um antigo provérbio popular, e foi exatamente o que aconteceu no dia de ontem (28) na cidade de Fortuna, ocasião em que o vice-governador Carlos Brandão estava vistoriando as obras do Mais Asfalto, na oportunidade o vice-prefeito Clodomizinho, vereadora Irislane Avelar e o vereador Astolfo pediram a ele providências para asfaltar a cidade e melhorar o sistema de distribuição de água. 
Muito gentil e solícito, Carlos Brandão prometeu as lideranças o seu total empenho para assegurar as duas demandas, mas de imediato garantiu a perfuração de três poços artesianos, classificado por ele como de extrema importância, pois já é do seu conhecimento o sofrimento da população por falta de abastecimento de água. 
Ele também já é sabedor da precariedade que se encontram a maioria das ruas da cidade, esburacadas e dificultando a fluidez do tráfego, porém, disse que esse pedido fará pessoalmente ao governador Flávio Dino para incluir a cidade no programa Mais Asfalto. Na visão dos representantes do povo de São Domingos, o vice-governador entendeu que a cidade precisa da atenção do governo, assim como vem acontecendo em outros municípios, para equacionar os devidos problemas e dá uma melhor qualidade de vida à população. 
O vice-prefeito Clodomizinho, líder da comitiva, entende que os representantes do povo não pode cruzar os braços enquanto a população padece por falta de uma assistência que venha no momento certo resolver as necessidades de todos. "Eu na condição de vice-prefeito não posso é ficar vendo a população se reclamando e pedindo providências para resolver esses problemas, por isso que eu, a vereadora Irislane Avelar e o vereador Astolfo Seabra fomos até cidade de Fortuna buscar o apoio do vice-governador.  Nós fomos eleitos para trabalhar pelo povo e esse é o nosso papel. Quem tem essa responsabilidade de correr atrás de melhorias para São Domingos somos nós, não o povo", disse Clodomizinho.
Ainda não há uma data específica para os serviços de perfuração dos poços artesianos serem iniciados, mas ficou acertado que os trabalhos passarão a ser desenvolvidos a partir desse segundo semestre.   

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Mirador se transforma em um canteiro de obras; prefeito Roni convida a população para novas inaugurações

O ritmo de trabalho que vem sendo empreendido pelo prefeito Roni está proporcionando grandes avanços no município, que em apenas 7 meses de administração já têm mostrado seu verdadeiro compromisso com o povo, arrancando elogios até dos adversários mais radicais, reconhecedores do seu dinamismo à frente do município. 
E nesse domingo o prefeito volta a inaugurar novas obras para qualificar e dá melhores condições de vida à população. Veja o vídeo...

-

quinta-feira, 27 de julho de 2017

No fundo do poço: apoiado pela oligarquia Sarney, Temer tem rejeição histórica e é aprovado por apenas 5% da população


Mesmo com rejeição histórica, Temer conta com o apoio da oligarquia Sarney
A aprovação do governo do presidente Michel Temer (PMDB) caiu de 10% para 5% entre março e julho deste ano, segundo pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta quinta-feira, 27.
Já a avaliação negativa do governo aumentou para 70%. No levantamento anterior, divulgado há cerca de quatro meses, o porcentual dos que avaliavam o governo como ruim ou péssimo era de 55%.
A parcela que considera o governo regular caiu para 21% em julho, ante 31% na última pesquisa. Os que não souberam ou não responderam sobre a avaliação do governo representaram 3% dos entrevistados.
A aprovação pessoal do presidente também piorou. Na pesquisa divulgada hoje, 83% dos entrevistados disseram desaprovar a maneira de Temer governar. Em março, esse porcentual era de 73%. Já os brasileiros que aprovam o jeito do presidente de administrar o País caíram de 20% para 11% de março para julho. Outros 5% não sabem ou não responderam essa questão.
A confiança da população no presidente também diminuiu. Agora, 10% dos entrevistados disseram confiar em Temer. Em março, este número era de 17%. Ao mesmo tempo, o porcentual dos que não confiam no presidente aumentou de 79% para 87% entre as duas pesquisas. Os que não sabem ou não responderam essa questão foram 3%.
Também pioraram as expectativas para o tempo restante do governo Temer, segundo a pesquisa. Aqueles que acreditam que a perspectiva é ruim ou péssima aumentaram de 52% para 65% entre março e julho. Já os que avaliam o restante do governo será ótimo ou bom diminuíram de 14% para 9%. Os que preveem o restante do governo como regular oscilaram de 28% para 22% dos entrevistados. Outros 5% não souberam ou não responderam.
ComparaçãoA avaliação de que o governo Temer é melhor do que a gestão da ex-presidente Dilma Rousseff registrou queda de 18% para 11%. A parcela da população que considera que o governo Temer é pior do que o da petista aumentou de 41% para 52% de uma edição da pesquisa para a outra. Para 35%, os dois governos são iguais, ante 38% na pesquisa anterior. Outros 2% não sabem ou não responderam.
Após a delação premiada do grupo JBS, a popularidade do governo do presidente Michel Temer caiu fortemente entre março e julho deste ano e atingiu o nível mais baixo desde a redemocratização, de acordo com pesquisa Ibope encomendada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgada nesta quinta-feira, 27.
A aprovação do governo do presidente Michel Temer caiu de 10% para 5% nos últimos quatro meses, de acordo com a pesquisa, ante 7% na gestão Sarney, em junho e julho de 1989; 12% no final do governo de Fernando Collor, em agosto de 1992; e 9% no segundo mandato da ex-presidente Dilma Rousseff, em junho e dezembro de 2015.
O porcentual de rejeição é um dos mais altos registrados desde a gestão Sarney. A avaliação negativa do governo Temer aumentou de 55% para 70%, entre março e julho deste ano, ante 64% no governo Sarney, em julho de 1989; 59% no final do governo de Fernando Collor, em agosto de 1992; e 70% no governo Dilma, em dezembro de 2015.
A pesquisa foi realizada de 13 a 16 de julho deste ano. O levantamento ouviu 2 mil pessoas em 125 municípios. A margem de erro estimada é de 2 pontos porcentuais para mais ou menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O nível de confiança utilizado é de 95%.

Com informações do O Estado de São Paulo

Presos assaltantes que mataram capitão da PM do Piauí na cidade de Timon


Mais três elementos envolvidos na morte do capitão PMPI Carlos Pinto foram preso  na noite desta quarta-feira(26).
Eles foram presos na Avenida Miguel Rosa, na cidade de Teresina, após troca de tiros com a polícia. Eles estavam em um veiculo roubado, que foi apreendido.
Os assaltantes foram identificados como Clemerson Ramos da Silva Santos, residente no bairro Cidade Nova; Jackson, de Coelho Neto; e Rômulo Viana de Araújo, o 'advogado do diabo', foragido da Justiça e residente na Rua 02, no bairro Acarape, em Teresina.
Com a prisão dos três, já totalizam quatro. Um quinto envolvido no crime está foragido.De acordo com as investigações policiais, foi descoberto que cinco elementos participaram do crime, sendo que dois adentraram o restaurante, onde o PM foi assassinado, e três deram apoio.
O capitão da Polícia Militar do Piauí Antônio Carlos Pinto de Farias foi morto durante uma tentativa de assalto por volta das 14h30 desta quarta-feira (27), dentro do restaurante "O Pinda", localizado na Avenida Presidente Medici, bairro Parque Piauí, em Timon.
O primeiro assassino, Francisco das Chagas Fonseca, de 31 anos, foi preso logo após o crime. Ele tentou fugir, mas foi ferido e encontrado caído nas proximidades da linha do trem, sendo preso pela polícia e levado para a UPA de Timon. Por GilbertoLima

Juiz mantém prisão preventiva de delegado de Açailândia



Juiz Francisco Ronaldo Oliveira
O juiz Titular da 1ª Vara Criminal de São Luís, Francisco Ronaldo Maciel Oliveira, negou a soltura após pedido dos advogados de defesa do delegado Thiago Gardon Filippini. Thiago era responsável pelo 1º Distrito Policial de Açailândia e foi preso no final do mês passado juntamente com a escrivã Silvya Helena Alves, o investigador Glauber dos Santos Costa e o advogado Éric Nascimento Carosi.
Todos acusados de corrupção e organização de criminosa.
A decisão do magistrado detalha que o investigado não apresentou nenhum fato novo capaz de reverter a preventiva, embora o depoimento do carcereiro Mauri Célio da Costa Silva revele que ganhou motos (reveja) para incriminar o delegado Thiago, que teria sido vítima de armação (reveja) e . “INDEFIRO o pedido formulado e mantenho a prisão preventiva de THIAGO GARDON FILIPPINI, como forma de garantia da ordem pública e por conveniência da instrução criminal, considerando que os fundamentos dispostos no pedido não foram suficientes para mudar a convicção deste magistrado com relação ao status libertatis do acusado requerente“.
Na analise do juiz, a primeira decisão não pode ser revertida devido elementos comprobatórios, inclusive, com parecer favorável do Ministério Público Estadual, que reuniu diversos depoimentos com relatos de denuncias e interceptações que foram juntados ao relatório da Polícia Civil. O magistrado chegou a citar trecho do depoimento do carcereiro que fala sobre questão política (reveja).
Pondero que, no presente caso, a decisão que decretou a preventiva não merece nenhum reparo, devendo ser mantida posto que o ergástulo se faz necessário para a manutenção da ordem pública e por ser conveniente para uma boa instrução criminal, conforme já bem salientado por este juízo quando da decretação da prisão cautelar“, diz o despacho.
Netoferreira

quarta-feira, 26 de julho de 2017

TRF derruba liminar que suspendeu aumento de tributo nos combustíveis



O presidente do TRF-1 (Tribunal Regional Federal), desembargador Hilton Queiroz, derrubou nesta quarta-feira (26) uma liminar que suspendia o aumento de tributos sobre combustíveis.
Na terça, uma decisão do juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal do DF, havia revogado o anúncio feito pelo governo na semana passada.
Na terça (25), uma decisão do juiz substituto Renato Borelli, da 20ª Vara Federal do DF, havia revogado o anúncio feito pelo governo na semana passada. A liminar da terça foi revertida no fim da tarde desta quarta pelo TRF-1.
A AGU (Advocacia-Geral da União) ingressou com recurso na noite de terça e teve a decisão de Borelli revista pelo TRF.
Na peça, apresentada ao TRF-1ª Região (Tribunal Regional Federal), a AGU rebateu os argumentos apresentados por Borelli, que falou em “ilegalidades” devido ao não cumprimento da “noventena”, prazo de 90 dias entre a edição da norma e sua entrada em vigor. O magistrado afirmou ainda que a elevação das contribuições deveria ter sido feita por lei, e não por decreto.
A decisão de Borelli era provisória (liminar), e suspendia os efeitos do decreto que determinou o aumento de PIS/Cofins sobre gasolina e etanol. O despacho do magistrado não chegou a ter efeitos práticos sobre o preço dos combustíveis, já que a União ainda não foi notificada sobre o caso. Para que os preços fossem alterados, era necessário um comunicado à AGU e, posteriormente, ao Ministério da Fazenda.
Ao pedir que a liminar fosse suspensa, a AGU utilizou argumentos econômicos. Para o órgão, a tributação dos combustíveis é “imprescindível” para viabilizar a arrecadação de R$ 10,4 bilhões entre julho e dezembro deste ano.
Pelos cálculos do governo, a concessão da liminar representa prejuízo diário de R$ 78 milhões.
“Não há dúvidas na jurisprudência nacional de que impedir o recolhimento de cifra milionária em favor de ente federado causa grave lesão à economia”, escreveu a AGU na peça.
O documento da AGU diz ainda que a suspensão da tributação pode resultar em contingenciamento em outras áreas.
“A consequência imediata da não suspensão dessa decisão é a necessidade de se aprofundar o contingenciamento do orçamento da União em montante semelhante, com gravíssimas consequências para a prestação dos serviços públicos.” (Folha de SP)