quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Roubos com explosivo a bancos caem a zero no Maranhão nos últimos dois meses



Delegado Tiago Barbal, Superintendente de Investigações Criminais
Delegado Tiago Barbal, Superintendente de Investigações Criminais
Com o reforço nas ações de segurança, os meses de junho e julho deste ano não tiveram nenhum caso de roubo com explosivos a bancos no Maranhão. Em 2014, no mesmo período, tinham sido registrados oito desses crimes. Os dados são da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic).
A queda de 100% se deve ao aumento de investimentos na prevenção e na repressão pelo Sistema de Segurança Pública do Estado do Maranhão.
A polícia maranhense vem identificando e desmontando as quadrilhas que costumavam assaltar bancos. Líderes dessas quadrilhas foram presos, boa parte no ano passado. Além disso, as equipes patrulham pontos estratégicos.
Outro avanço importante foi a criação de um departamento especializado da Seic para combater roubos e furtos com explosivos. Os delegados e investigadores desse setor aprimoraram as habilidades em diversos treinamentos em outros estados.
De acordo com o superintendente de Investigações Criminais, delegado Tiago Bardal, a queda no índice é reflexo da nova política adotada na Secretaria de Segurança Pública (SSP), com a integração das polícias Civil e Militar na operação ‘Maranhão Mais Seguro’.
Passamos a ter uma investigação com qualidade que, em conjunto com a atuação do Instituto de Criminalística, se reverte em um inquérito policial com provas mais robustas para condenação adequada desses assaltantes, que ficam mais tempo fora do convívio social”, acrescentou.
As ações contra roubos com explosivos levam mais segurança à população, reduzindo a exposição a situações de risco.
Do Minard

Um comentário:


  1. Hi! I just wanted to ask if you ever have any trouble with hackers? My last blog (wordpress) was hacked and I ended up losing many months of hard work due to no backup. Do you have any methods to prevent hackers? all of craigslist

    ResponderExcluir