sábado, 9 de dezembro de 2017

Caso Nenzin: “lamento o triste oportunismo que fez uma ex-líder deste Estado”, dispara Dino

O governador Flávio Dino (PCdoB) não poupou críticas à sua adversária, Roseana Sarney (PMDB), que utilizou o trágico assassinato do ex-prefeito de Barra do Corda Mariano de Sousa, o “Nenzin”, para fazer política.
“Sobre homicídio em Barra do Corda, lamento o triste oportunismo que fez uma ex-líder deste Estado e seus asseclas tentarem transformar uma tragédia em ataque a meu governo. Um líder político sério deve deixar a Polícia trabalhar e aguardar com prudência”, disse Dino em postagem nas redes sociais.
Logo após a morte de Nenzim na última quarta-feira (06), membros da oposição sarneyzista, como a própria Roseana, o ministro Sarney Filho e o deputado estadual Edilázio Júnior, começaram a fazer cobranças públicas ao Palácios dos Leões na tentativa de politizar o caso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário