O senador João Capiberibe (PSB-AP) fez um alerta ao governador Flávio Dino (PCdoB) sobre as dificuldades que o estado enfrenta, após o fim da oligarquia Sarney no Governo do Maranhão.
“Estão pensando que fácil se livrar da herança maldita! Na sombra de Sarney nem cacto cresce”, disse o parlamentar.
O socialista comentava reportagem publicada no site UOL relatando que 52% dos maranhenses vivem na pobreza. Desde que assumiu o Palácio dos Leões, Dino tem lutado contra indicadores sempre colocando o Maranhão no rodapé do desenvolvimento social e econômico.
 Capiberibe é o principal adversário de Sarney no estado vizinho do Amapá, onde o peemedebista plantou raízes e foi eleito senador.
Em 2004, Capiberibe e a esposa, Janete Capiberibe, que era deputada federal, tiveram os mandatos cassados por uma ação de Sarney. O casal foi denunciado pela compra de dois votos no valor de R$ 26.
O amapaense sempre acusou o desafeto de usar os tribunais para perseguir os adversários, como aconteceu também com o ex-governador Jackson Lago em 2006.