O deputado federal Pedro Fernandes (PTB) afastou qualquer possibilidade do PTB romper a aliança política com o PCdoB do governador Flávio Dino no Maranhão.
Após ser escolhido para assumir o Ministério do Trabalho foi especulado suposto ingresso do parlamentar na base da ex-governadora Roseana (MDB), pelo fato do presidente Michel Temer (MDB) ser aliado do ex-presidente José Sarney (MDB).
“Em Brasília o PTB apoia é o presidente Temer e não a família Sarney. Nosso partido está fechado com Temer, e é com ele que temos compromisso político. Aqui no Maranhão continuaremos com o governador Flávio Dino”, explicou em entrevista ao Jornal Pequeno.
Inclusive, alguns desinformados chegaram a sugerir que a indicação de Fernandes teria o dedo de Sarney, quando na verdade, foi uma escolha do próprio PTB.
Ele ainda lembrou que seu filho, o presidente da Agência Metropolitana, Pedro Lucas Fernandes, ocupa papel de destaque na atual gestão estadual. O próprio governador elogiou a escolha do aliado para ocupar a equipe ministerial de Temer.
Quem não deve ter gostado nenhum pouco da decisão é a oligarquia, afinal, além de tomar surra nas pesquisas eleitorais e ver sua base política esfacelar, agora também precisa aturar dinista assumir cargo de destaque no governo federal.
Marrapa